GeNeus é um projeto de 2 anos financiado pela Comissão Europeia ao abrigo do programa Erasmus+ que envolve 6 parceiros oriundos de 5 países diferentes e que visa essencialmente a promoção da igualdade de género nos testes de performance e aptidão.

Ao longo deste projeto estão previstas diferentes fases que visam a melhoria dos processos de recrutamento e seleção no mercado de trabalho mas também na educação pós-secundária/profissional, focando especificamente na igualdade de género nos testes de performance e aptidão.

Geneus_bullet

O GeNeus ambiciona o desenvolvimento, promoção e neutralização de um conjunto de matrizes de testes neutrais quanto ao género. Estes testes irão permitir oportunidades mais igualitárias quanto ao género na performance educacional e também profissional, estando gratuitamente disponíveis no website do projeto que se encontrará brevemente online.

Objetivos

Ao longo do projeto:

  • Obter uma visão geral da realidade, necessidades e lacunas nos processos de seleção em diferentes ambientes;
  • Avaliar e analisar esses processos numa perspetiva neutra em termos de género;
  • Produzir e disponibilizar materiais úteis e gratuitos que garantam uma abordagem neutra quanto ao género nos testes de aptidão e desempenho.

A longo-prazo:

  • Contribuir para acessos e oportunidades neutras quanto ao género quer no mercado de trabalho, quer ao nível da educação profissional.
  • Reduzir a desigualdade de género no mercado de trabalho ao alcançar a igualdade em cargos de liderança e salários.

Resultados:

  • Relatório genérico sobre os processos de teste nacionais: informações sobre como as PMEs, a Administração Pública e a Educação Profissional Pós-Secundária lidam com os processos de seleção e sistema de testes na Áustria, Bulgária, Itália, Portugal e Espanha;
  • Conjunto de matrizes de teste neutrais quanto ao género: com base nas boas práticas recolhidas e necessidades avaliadas, desenvolvimento de novas formas de testes que melhorarão os processos de recrutamento e seleção/avaliação;
  • Guia sobre a implementação das matrizes: informação sobre como integrar concretamente os novos métodos de teste em diferentes áreas do mercado de trabalho;
  • Aplicação do conjunto de testes neutrais quanto ao género nas PMEs;
  • Aplicação do conjunto de testes neutrais quanto ao género na Administração Pública;
  • Aplicação do conjunto de testes neutrais quanto ao género no Ensino profissional pós-secundário.

Todos estes materiais estarão disponíveis gratuitamente no website do GeNeus para qualquer entidade interessada em melhorar os seus processos de recrutamento e seleção, com especial atenção à igualdade de género.

De forma a dar início ao projeto, todos os parceiros se encontraram em Sofia (Bulgária) para a Kick-off meeting (reunião de arranque) entre os dias 7 e 8 de novembro de 2017.

geneus kickoff meeting

Reunião de arranque em Sofia

Durante esses dois dias, trabalhamos em conjunto para estabelecer os detalhes da primeira etapa deste projeto: a produção de relatórios nacionais sobre a realidade dos processos de seleção, com foco em quatro campos de análise:

  • Como as PMEs, a Administração Pública e a Educação profissional pós-secundária avaliam os seus candidatos durante os processos de seleção? Quais as ferramentas que são atualmente implementadas? Os testes de performance encontram-se incluídos? Os procedimentos encontram-se padronizados?
  • O que é avaliado (em termos de competências, inteligência ou personalidade, por exemplo)?
  • Quais as necessidades existentes em relação aos processos de seleção que atualmente não são cobertas pela organização?
  • Em relação às especificidades de género: são observadas diferenças de género entre homens e mulheres ao testar os candidatos? Genericamente, qual a realidade nas organizações em termos de género?

A elaboração do relatório português conta com 12 entrevistas, realizadas aos 3 públicos-alvo. Exemplos de empresas que colaboraram com esta fase do projeto são a Câmara Municipal de Matosinhos, a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), QUASAR e MENTORTEC.

Os relatórios nacionais serão analisados pela BIMEC (Bulgária), sendo que os resultados inerentes estarão disponíveis no website do GeNeus. Siga-nos no Facebook.

Para qualquer questão ou se estiver interessado no projeto, entre em contacto com Aurélie Delater, Gestora de Projeto da INOVA+: aurelie.delater@inovamais.pt.